Marketing Verde: uma estratégia ecológica que pode atrair clientes e melhorar a imagem da sua empresa.

Uma estratégia de propaganda com foco nas filosofias e atitudes sustentáveis da sua empresa.

As atenções estão cada vez mais voltadas para as questões ambientais, o excesso de lixo, a alta demanda de recursos naturais não renováveis, o descarte inadequado de materiais, além de desastres e crimes ambientais. Tudo isso tem feito com que as pessoas busquem formas e alternativas de diminuir o próprio impacto no meio ambiente.

Diante desse cenário, a imagem sustentável de uma empresa torna-se cada vez mais necessária e útil para decisão de compra, podendo mesmo até ser um critério de desempate.

Cada vez mais, a tendência é que o consumidor, além de buscar melhor qualidade e preço, inclua em seu poder de escolha a variável ambiental, dando preferência a produtos e serviços que não agridam o meio ambiente, tanto na produção, quanto na distribuição, no consumo e no descarte final.

É aí que entra o Marketing Verde. Esse pode ser definido por estratégias de marketing que envolvem o processo de vendas de produtos e serviços, baseados nos benefícios que estes causam ao meio ambiente.

Essa estratégia tem alguns benefícios importantes, como o fato de que os cidadãos comuns sentem na prática que estão ajudando a reduzir os problemas ambientais e também a sensação de pertencimento à um grupo crescente de pessoas preocupadas com o impacto ambiental de suas escolhas.

Dessa forma, mais que apenas divulgar uma imagem correta e sustentável, é necessário que todos passem a viver essa nova filosofia e valores dentro do ambiente de trabalho. Para isso, é necessário que a empresa adote medidas sustentáveis em suas cartas de serviço ou atendimento ao cliente, podendo estar inclusas nos 5 R’s (Reduzir, Repensar, Reciclar, Reutilizar e Recusar). Além, claro, de medidas exclusivas que combinam exatamente com as características da sua empresa.

Veja o Marketing Verde como uma aplicação, de forma a investir e esperar que ele retorne em forma de clientes fiéis e novas vendas a longo prazo, visto que boas ações geram reconhecimento na comunidade local, além, claro, da real ajuda e preocupação com o meio ambiente.

Por exemplo, um restaurante pode utilizar em sua culinária produtos naturais cultivados em uma horta própria, e divulgar esta atitude, fazendo que as pessoas vejam que os alimentos deste estabelecimento são livres de agrotóxicos e contaminantes.

Os produtos verdes, alvo do marketing verde, são sustentáveis e, segundo o pesquisador e autor da área de Marketing Estratégico, Jean Jacques Lambin, são os que podem ser trabalhados de forma a atender às novas demandas do mercado, cada vez mais ambientalmente consciente.

Junto deles, há práticas adotadas como alternativas ecologicamente corretas como: reduzir a quantidade de matéria-prima e  embalagens, podendo elas serem reutilizáveis, desenvolver produtos de utilidade múltipla, utilizar materiais recicláveis, aumentar a segurança dos produtos para saúde e para o ambiente, bem como sua vida útil. Essas e muitas outras atitudes, além de conservarem o meio ambiente, pode melhorar a imagem da sua empresa.

O preço destes produtos verdes podem e devem levar em conta todo processo de fabricação, venda, utilização e descarte final. Os estudiosos da área, Queiroz B., Domingos M. e Abreu N., afirmam que:

“Os consumidores estariam dispostos a pagar mais por um produto considerado ecológico, rejeitando outros mais baratos, porém, poluidores”.

O pesquisados de marketing, Reinaldo Dias, complementa que:

“os preços mais elevados dos produtos ecologicamente corretos são decorrentes de investimentos em pesquisa e desenvolvimento, além de gastos com a comunicação para a conscientização do consumidor com relação ao seu consumo. Sendo que em regiões mais desenvolvidas, onde a consciência ambiental é maior, a variável preço tem menos influência no momento da compra, e por apresentarem características ambientais aumenta o poder da venda destes produtos”.

Anexando todas as informações, é possível ver com clareza o quanto o uso do Marketing Verde pode melhorar a imagem da sua empresa aos olhos dos clientes, tornando-os fiéis e de forma que indiquem a sua marca para seus amigos e familiares. O investimento vale a pena e o meio ambiente agradece!

 

Escrito por: Isabela Gonçalves, graduanda em C. biológicas pela Universidade Estadual de Maringá e diretora de Marketing da Ecoalize – Empresa Júnior de Biologia

 

 

Escrito por: Lara Hoffmeister, graduanda em C. biológicas pela Universidade Estadual de Maringá e assessora de Marketing da Ecoalize – Empresa Júnior de Biologia

 

 

SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS:

Instagram: @ecoalizeuem

Facebook:  Ecoalize UEM

 

Referências

DIAS, Reinaldo. Marketing Ambiental. São Paulo: Editora Atlas, 2007.

LAMBIN, Jean-Jacques. Marketing estratégico. 4º ed. Madrid: McGraw- Hill, 2002.

QUEIROZ, B.; DOMINGUEZ, M.; ABREUbreu, N. Ecomarketing. Faculdade de Economia
do Porto. Dissertação. 2003.

Leave A Reply