Composteira em casa ou na empresa?

Saiba qual escolha se adapta melhor para você ou sua empresa

 

A geração de resíduos vem se tornando um problema tanto para os consumidores – que se encontram no meio das discussões socioambientais cada vez mais comuns na mídia e nas conversas do dia a dia – quanto para as empresas – que lidam com questões ambientais envolvendo sustentabilidade, muito presentes atualmente.

Nesse momento, indivíduos com certo grau de preocupação com esses temas se encontram numa posição na qual, ao mesmo tempo que desejam adotar práticas amigas do meio ambiente, não sabem ao certo qual se adequa melhor para sua casa ou estabelecimento. Esse post pode sanar algumas de suas dúvidas e se tornar uma decisão rumo à um futuro mais consciente.

Compostagem domiciliar

Um dos sistemas de composteira doméstica mais famosos hoje é a composteira com minhocas. Isso porque ela é pequena, não tem cheiro ruim, cabe em quase qualquer cantinho, como a área de serviço, e a decomposição acontece mais rápido com a ajuda desses bichinhos. Esse tipo de composteira é ótimo para quem mora em apartamento ou quem mora em casa e não pode simplesmente fazer um buraco no quintal.

Em casa os depósitos de lixo orgânico devem ser feitos, preferencialmente todo dia. Geralmente não é necessário colocar novas minhocas e o adubo orgânico pode ser coletado em média a cada três meses.

Na hora de escolher o que colocar na composteira é necessário ficar atento. Alguns materiais comprometem a degradação da matéria orgânica e prejudicam o desenvolvimento do adubo.

No final desses meses o material que sobra é um húmus (composto com aparência semelhante à terra escura), super nutritivo para as plantas e com cheirinho de terra molhada. Nada disso dá mau cheiro se tudo for feito corretamente.

O excesso de umidade pode facilitar a criação de mosquinhas, por isso é importante cobrir todos os alimentos depositados na composteira muito bem com serragem. Além das minhocas, acabam aparecendo outros bichinhos pequenos, como formigas e outros insetos, que também ajudam no processo de decomposição dos alimentos.

Várias pesquisas feitas com os organismos que costumam estar presentes no processo de compostagem comprovam que é tudo limpo e, seguindo todas as etapas corretamente, não há risco nenhum de contaminação.

Compostagem empresarial

Antes de instalar uma composteira na sua empresa é ideal saber se é realmente viável a existência dela. Caso sua empresa não tenha uma cozinha/copa onde sejam realmente gerados resíduos orgânicos como cascas de frutas ou certos tipos de restos de alimentos, o ideal é adotar alguma outra prática com relação aos compostos gerados. Caso você nunca tenha ouvido falar, vale a pena dar uma olhada também no que são biodigestores pois eles também podem auxiliar sua empresa com esses resíduos.

Tudo bem então, você já sabe que realmente quer uma composteira na sua empresa. Com exceção do tamanho da composteira e poucos outros fatores o processo de compostagem é semelhante ao doméstico, com o um bônus de gerar muito mais adubo orgânico, composto que pode até mesmo ser comercializado, gerando renda extra. Caso essa seja uma possibilidade para sua empresa, vale a leitura de algumas leis que regulam a compostagem de resíduos orgânicos:

  • Lei nº 6894, de 16 de dezembro de 1980, que determina a inspeção e a fiscalização da produção e comercialização de fertilizantes;
  • Resolução CONAMA 375, de 29 de agosto de 2006, que define critérios e procedimentos, para o uso de compostos gerados nesses processos;
  • Resolução CONAMA Nº 481, de 3 de outubro de 2017, que define critérios e procedimentos para garantir controle e qualidade ambiental do processo de compostagem de resíduos orgânicos.

Agora que você já conhece os prós e contras de cada escolha, não importando qual seja a ideal para sua residência ou empreendimento, a Ecoalize está sempre à disposição para realizar esse serviço e tirar dúvidas que podem ter surgido sobre compostagem ou outros processos relacionados, então aproveite essa oportunidade de se tornar um pouco mais sustentável e não deixe de entrar em contato conosco.

 

Referências

Lucros com a compostagem de resíduos 

Composteira em casa: Informações/Guia

Sustentabilidade e compostagem

Cuidados com a composteira

 

Escrito por: Gabriel Tonelli – Graduando de Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Maringá e Assessor de Marketing da Ecoalize

 

Leave A Reply